Hoje é sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

 

Notícias JT Garden Center
Plantas ornamentais em ambientes internos  


 Na natureza, não é preciso muito para que as espécies vegetais se desenvolvam bem. Na maior parte das vezes, basta um solo fértil, luz e água na medida certa. Mas a situação é bem diferente quando o objetivo é cultivar plantas ornamentais em ambientes fechados. 

 
Nesses locais, onde há maior restrição de luminosidade e de espaço, garantir a vitalidade desses elementos decorativos vivos é um desafio que, para ser superado, requer respeito às particularidades de cada planta.
 
Garantir perenidade e beleza passa, em primeiro lugar, pela compatibilização entre o ambiente e a espécie que se tencione plantar. Plantas que se caracterizam por crescer desordenadamente e por raízes agressivas devem ser evitadas, assim como as espécies venenosas, se o local for utilizado por crianças e animais domésticos.
 
Via de regra, palmáceas, arbustos, folhagens e algumas samambaias e floríferas têm grande capacidade de adaptação. Mas isso não significa que elas possam se comportar bem em qualquer situação. Não adianta, por exemplo, esperar que o lírio da paz dê flores se está plantada em um local escuro.
 
Também não dá para colocar bambu-mossô em lavabos ou em halls de elevadores sem janelas, pois estamos falando de uma espécie que precisa de sol pleno.
 
Um dos aspectos mais críticos do cultivo em interiores é justamente a luminosidade. Por isso mesmo, o ideal é que os vasos fiquem sempre próximos às janelas. Também por causa da luz, as espécies que mais tendem a ter sucesso em salas, varandas e cozinhas são as que se desenvolvem à meia sombra ou à sombra.
 
Esse é o caso das palmeiras ráfis e da licuala, além das dracaenas, das chamaedoreas e das pleomeles. Além de serem mais tolerantes às restrições do cultivo, algumas dessas espécies trazem ainda outra virtude: colaboram para a melhoria da qualidade do ar interno pela metabolização de compostos químicos, como benzenos. Se a intenção é cultivar espécies resistentes, que demandem pouca manutenção, a jibóia e o filodendro também são opções interessantes.
 
 

 

Postado em Fonte Todas as notícias
18/06/2011 Fonte de pesquisa: UOL Casa e Móveis Ver todas as notícias
 

 

® JT Plantas & Paisagismo - Todos os direitos reservados.  
Rod. GO 060 - Km 13 - Núcleo Urbano Anhanguera - Fone: (62) 3298 9975

SAC   Política de privacidade   Termos de Uso

Desenvolvimento iWM Exista na web!
Área Restrita