Hoje é terça-feira, 14 de agosto de 2018

 

Notícias JT Garden Center
Espírito Santo tem seis novas espécies de plantas  


 Pesquisadores no Parque Estadual de Forno Grande, no Espírito Santo. Eles mapearam a riqueza da flora do estado (Foto: Alexandre Salino)

Uma boa notícia para a floresta capixaba. Os pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) descobriram seis novas espécies de plantas nas matas do Espírito Santo. A novidade é ainda mais relevante quando colocada em contexto. Um estudo recente do Jardim Botânico do Reino Unido (o Kew Gardens), a primeira análise global sobre o risco de extinção de espécies vegetais, revelou que 22% das 7 mil espécies estudadas estão ameaçadas – o que faz das plantas mais vulneráveis que as aves e tão frágeis quanto aos mamíferos.

No Espírito Santo, as pesquisas indicam outra realidade. Um grupo de cientistas percorreu as unidades de conservação e montanhas do estado e descobriu que ali há mais espécies vegetais do que se imaginava. Eles encontraram 138 espécies de 20 gêneros que não estavam catalogadas na Lista de Espécies Flora do Brasil de 2010 (da qual constavam 343 espécies de 78 gêneros). Além disso, descobriram seis novas espécies nunca descritas pela ciência: duas do gênero Ctenitis, uma do Selaginella e três do Thelypteris.

A equipe de Alexandre Salino, professor que coordenou as andanças, identificou no Espírito Santo um total de 481 espécies de 98 gêneros de pteridófitas (as samambaias, avencas, cavalinhas e xaxins), o que corresponde a 57% de toda a riqueza da Mata Atlântica. As novas plantas identificadas estão agora sendo descritas.

Uma das seis novas espécies descobertas. Ela é do gênero Ctenitis e está em processo de descrição (Foto:Alexandre Salino)

Para fazer o levantamento, os pesquisadores gastaram muita sola de tênis. Fizeram coletas botânicas em 60 cidades e 21 unidades de conservação. O resultado são 1.802 registros, baseados em trabalhos de campo, literatura especializada e materiais disponíveis em herbários. “O projeto foi importante para incrementar o conhecimento da flora do Espírito Santo. Agora sabemos a distribuição geográfica de muitas espécies de pteridófitas”, afirma Salino. A despeito do sucesso das ações, ele diz que o estado continua carente de informações sobre as plantas. E precisa de novas pesquisas.

O trabalho é um dos projetos já apoiados pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. A organização já investigou a vida dos cachorros-vinagre do Cerradomapeou a conservação dos tracajás da Amazônia e alertou para os perigos da poluição sonora aos golfinhos marinhos.

 

Postado em Fonte Todas as notícias
28/04/2011 http://colunas.epoca.globo.com/planeta/2011/04/27/espirito-santo-tem-cinco-novas-especies-de-plantas/ Ver todas as notícias
 

 

® JT Plantas & Paisagismo - Todos os direitos reservados.  
Rod. GO 060 - Km 13 - Núcleo Urbano Anhanguera - Fone: (62) 3298 9975

SAC   Política de privacidade   Termos de Uso

Desenvolvimento iWM Exista na web!
Área Restrita